Ir para o conteúdo principal
Facebook Youtube Instagram
Acessibilidade Fundo Padrão Fundo Preto - Alto Contraste

PORTAL COVID-19 / VACINAÇÃO

“Autismo: Um olhar para além do que é visível” é tema de palestra em Arapongas

EDUCAÇÃO | Em 29/03/2023 às 17h26, atualizado em 29/03/2023 às 17h28 Por Assessoria de Imprensa
Palestrantes e secretária, Cristiane Rossetti.

Nesta quarta-feira, 29, Arapongas recebeu a palestra “Autismo: Um olhar para além do que é visível”, no Cine Teatro Mauá. O evento, ministrado pela família Brito Sales, reuniu diversas autoridades, entre elas o prefeito Sérgio Onofre e a secretária municipal de Educação, Cristiane Rossetti, além de profissionais da área, sobretudo, da educação especial. 
Assim como em outras palestras e workshops, a família Brito Sales, composta por Anita Brito (mãe), Alexander Sales (pai) e Nicolas Brito (filho) – jovem que nasceu com autismo, buscou sensibilizar e levar conscientização e superação de desafios aos participantes. Já são mais de mil palestras ministradas desde 2011, emocionando e motivando centenas de pessoas a superarem os seus desafios e levando informação sobre o transtorno do espectro autista (TEA) pelo Brasil. 
Nicolas Brito Sales nasceu com autismo, ficou anos sem falar, não conseguia expressar sentimentos e não interagia. Hoje, juntamente com a mãe Anita Brito e o pai Alexander Sales, ele ministra palestras por todo o Brasil, é fotógrafo premiado e compartilha suas vitórias com alegria e carisma, cativando a todos por onde passa. 
O projeto “Tudo o que eu posso ser”, também título do último livro de Nícolas e Anita, tem como objetivo disseminar informações sobre o autismo e sobre o convívio, aprendizagem, inclusão e sociabilização, apoiando famílias, educadores e profissionais relacionados ao tema.
Anita Brito é doutoranda pela USP em Neurociência e estudos sobre TEA e Mestre em Dialogismo e Literatura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Alexsander Sales é formado em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e possui MBA em logística empresarial pela FGV. Trocou sua carreira nas corporações pelo ativismo e pelo trabalho de conscientização da sociedade sobre o TEA. Desde 2015, dedica-se a ministrar cursos e palestras pelo brasil e exterior, juntamente com Nicolas e Anita.
INVESTIMENTOS
“Arapongas tem investido pesado na educação, com a construção de escolas, aquisição de materiais e itens diversos, mas o mais importante: tem executado ações e projetos voltados ao humano. Com capacitações aos profissionais, projetos inclusivos, como as aulas de braile e o comitê integrado voltado à primeira infância, entre outros. E muito mais vem por aí”, afirmou o prefeito Sérgio Onofre. 
Falando na abertura do evento, ele também mencionou a conclusão da Escola Municipal Enzo Batista Daleffe Pereira, no Jardim Caravelle, prevista para 60 dias, andamento da construção da Escola do Jardim Paulista – que vai alocar a atual escola municipal Padre Germano, além de viabilidade junto ao Governo do Paraná para a construção de mais uma instituição de ensino (com 12 salas de aula), desta vez na região do Conjunto Flamingos, e a compra de tablets para os professores da rede municipal.
Cristiane Rossetti agradeceu a presença de todos e reforçou a importância de ações em favor das reais necessidades do setor educacional. “Este é mais um grande momento para a educação inclusiva de Arapongas. Que bom podermos nos reunir em um encontro tão dinâmico e importante, que agrega conhecimento aos profissionais da educação, com a aplicação dentro da sala de aula. Ensino de qualidade que chega aos nossos alunos”, falou. Na oportunidade, ela reconheceu também toda a atuação no ensino inclusivo do município – desenvolvido por meio do Centro Municipal Especializado de Arapongas (Cemear) e da APAE.
Participaram do ato demais secretários municipais, vereadores, representantes da APAE/Arapongas, da cooperativa Sicredi (parceira na ação), supervisores, diretores, equipes pedagógicas da Secretaria Municipal de Educação, representantes da Secretaria Municipal de Educação de Rolândia, membros Núcleo Regional de Educação de Apucarana, Conselho Tutelar e grupo de Mães e Amigos dos Autistas de Arapongas (AMAAAR).

O evento contou também com apresentações de dança de escolas municipais e das alunas da APAE/Arapongas. 



ÚLTIMAS NOTÍCIAS







Endereço da página com a matéria completa:
https://www.arapongas.pr.gov.br/11687_noticia_autismo-um-olhar-para-alem-do-que-e-visivel-e-tema-de-palestra-em-arapongas

Voltar ao Topo do Site